Gp Life Decor Entrevista: Selma Perdigão Barbugian e Eliane de Souza Queiroz Narkevitz

Entre tantos estilos e tendências na decoração, o que realmente define a identidade do trabalho de um arquiteto ou designer? Para descobrir isso e ainda desvendar como cada profissional encara seus projetos, a GP Life Decor criou uma seção especial aqui no blog para entrevistar grandes nomes da área.

A convidada desse mês é a arquiteta Selma Perdigão Barbugian, conhecida por seus projetos contemporâneos e pela forma como insere a personalidade de cada morador nos espaços que idealiza. Sempre atrás de referências bacanas, ela vive em uma constante busca pelo que há de mais atual nesse mercado – desde um material inovador e prático até os móveis recém-lançados por um designer renomado. Na verdade, Selma acredita que tudo o que está à sua volta pode ser inspirador, principalmente as viagens e os eventos ligados à área.

Adepta da integração de ambientes em nome do convívio e da amplitude, a arquiteta costuma sugerir grandes alterações estruturais nas casas e apartamento que assina. Seu trabalho, realizado em parceria com a sócia Eliane de Souza Queiroz Narkevitz, envolve também marcenaria desenhada sob medida e cuidadosos projetos de iluminação, pensados para acrescentar funcionalidade e boas doses de drama à ambientação. “Sem luz, o espaço não brilha!”, brincam. Quer conhecer o estilo delas mais a fundo e encontrar muita inspiração em seus ambientes cheios de aconchego? Então vem com a gente conferir a entrevista exclusiva que as profissionais cederam ao blog da GP Life Decor:

decoracao-GPLifeDecor-entrevista4-bannerentrevista

decoracao-GPLifeDecor-entrevista4-02

decoracao-GPLifeDecor-entrevista4-03

GP: O que o conceito Life Decor significa pra você?

“Arquitetura é o cenário da vida”. Infelizmente a frase não é nossa, mas achamos que nenhuma outra responde tão bem a essa pergunta!

GP: Qual o material que você mais gosta de usar em seus projetos e por quê?

Cada material tem seu encanto, mas se tivéssemos que escolher um só, seria a madeira. Ela está sempre numa temperatura agradável, tem uma infinidade de texturas e cores e serve para quase tudo. Além disso, por algum motivo Junguiano ligado ao inconsciente coletivo, ela traz uma sensação de aconchego e paz. E também tem a vantagem de ser reciclável e biodegradável, é claro.

GP: Em sua opinião, qual a importância dos acessórios no décor?

Os acessórios demonstram a personalidade e a história de vida do morador. Acho que quando ele acrescenta os objetos que escolheu, relíquias de família, lembranças de viagens, ele “toma posse” do espaço.

GP: O que não pode faltar em uma casa chique?

Tudo o que estiver previsto no projeto. Se não der pra fazer tudo de uma só vez, tenha paciência, mas não abra mão do seu sonho.

GP: Para você qual a diferença entre uma casa e um lar?

A casa pode ser só “pra olhar”, o lar é pra usar. Por isso, o projeto para um LAR deve ser realista e respeitar o usuário.

decoracao-GPLifeDecor-entrevista4-05

decoracao-GPLifeDecor-entrevista4-06

* Fotos cedidas por Selma Perdigão e Eliane de Souza Queiroz

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s