Aconchego no inverno

Assim como o closet precisa se adaptar à chegada das estações mais frias, a casa também merece um cuidado especial para que os ambientes se tornem ainda mais acolhedores durante a temporada. Mas, afinal, como definir e reproduzir o aconchego? Além das lareiras e dos materiais próprios para o inverno, essa sensação é conquistada através de um conjunto de fatores, como iluminação, detalhes em madeira, tons sóbrios… Outro artifício que nunca falha nessa tarefa são os tecidos e revestimentos que “vestem” os espaços. Couro, lã e pele são alguns deles, por isso fizemos uma seleção de projetos que exploram essas texturas envolventes para você usar de inspiração.

decoracao-GPLifeDecor-aconchego-inverno-01

Couro: para um décor atemporal

Sinônimo de elegância, o couro nunca perde a majestade. Atualmente, além de ser usado da forma mais convencional – cobrindo sofás e poltronas de desenho clássico ou contemporâneo – o material também aparece em versões ousadas ou objetos menores, como bandejas, caixas organizadoras e almofadas. Verdadeiro ou sintético, ele é resistente o bastante até mesmo para propostas sob medida, revestindo paredes inteiras, cabeceiras estofadas ou portas de armários de correr. O resultado ajuda a aquecer os cômodos e ainda é visualmente atraente, inspirando sofisticação. Para completar, as tonalidades do couro combinam perfeitamente com os acabamentos de madeira – ou seja, é impossível resistir a ele.

decoracao-GPLifeDecor-aconchego-inverno-02

decoracao-GPLifeDecor-aconchego-inverno-03

decoracao-GPLifeDecor-aconchego-inverno-04

Pele: um convite ao toque

Muito usados nos países nórdicos e de inverno rigoroso, os objetos e tecidos feitos com pele (natural ou sintética) são indispensáveis nos dias mais gelados. Aliás, se formos resgatar em nossa memória a origem desse costume vamos acabar voltando à época em que os homens moravam em cavernas e não tinham praticamente nenhum outro recurso para se aquecer senão esse. Com o tempo essa necessidade virou estilo e gosto pessoal, mas uma coisa é fato: não há nada mais aconchegante do que se esparramar em uma cama com almofadas e cobertores de pele. Outra opção charmosa são os pufes com capas felpudas e aquelas mantas curtinhas usadas sobre poltronas de leitura ou cadeiras da mesa de jantar. De um jeito ou de outro, vale apostar em pelo menos uma dessas alternativas para garantir uma casa chique e quentinha.

decoracao-GPLifeDecor-aconchego-inverno-05

decoracao-GPLifeDecor-aconchego-inverno-06

decoracao-GPLifeDecor-aconchego-inverno-07

Tecidos: complementos indispensáveis

De uns anos pra cá a casa assumiu o posto de refúgio, um lugar onde nos sentimos renovados, abraçados e seguros – daí a importância de bolar uma decoração que ajude a reforçar todos esses sentimentos. Como o couro e a pele ficam melhor se usados em doses moderadas, a solução é recorrer a outros tipos de tecido que complementem essa atmosfera calorosa dos ambientes. Invista em acessórios com vocação têxtil, como mantas de lã, objetos de feltro, almofadas de toque macio e tapetes. Sim, os tapetes são absolutamente indispensáveis no outono/inverno. Escolha um modelo interessante, que converse com os outros elementos do espaço, e voilà, você criou o cenário perfeito para curtir a estação.

decoracao-GPLifeDecor-aconchego-inverno-08

decoracao-GPLifeDecor-aconchego-inverno-09

decoracao-GPLifeDecor-aconchego-inverno-10

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s